Rafael Morcego sobre cartel: “Tento ser objetivo”

Aos 27 anos Rafael Morcego se considera uma pessoa de bem com a vida e pronta para avançar. O atleta da RFT Company é uma das novas aquisições do Bellator e prepara para o próximo ano a estreia no segundo maior evento de MMA do mundo. Para isso, vem treinando pesado sob as orientações do treinador e empresário Marcelo Brigadeiro na afiliada da Renovação Fight Team em Balneário Camboriú. Para reforçar os treinos Morcego passou dois meses em um camp na Kaobon Team, equipe parceira no Reino Unido.

Ao longo de sua carreira, Morcego tem 19 vitórias, sendo que 84% delas são por nocaute ou finalização. Em seu estado, é respeitado e tem legião de fãs por seu histórico de 14 anos de artes marciais. No entanto, seu desejo maior é de ser reconhecido internacionalmente. “Meu sonho foi realizado ao assinar o contrato com o Bellator. Agora é a minha vez”, afirma.

O catarinense de peso galo gosta de treinar ao som dos Racionais MCs, que segundo ele, trazem letras que identificam com sua história de vida.

Leia na entrevista abaixo o bate-papo que a RFT Brasil teve com o pupilo do coach Marcelo Brigadeiro.

Como são os treinos profissionais da RFT Balneário Camboriú?
Os treinos são muito bons e técnicos. É bem puxado, fazemos 2 a 3 treinos por dia. O pessoal tá bem focado nos objetivos.

Nos conte como foi a experiência de treinar quase dois meses na Kaobon? O que encontrou lá que somou positivo na sua bagagem?
Minha experiência na Inglaterra de treino na Kaobon foi ótima. Treinei muito minha trocação, wrestling. Eu só treinava e dormia, treinava e dormia. Melhorei muito.

Paul Kelly, Morcego, Richie Downes, Chris Stringer, Falcão e mestre Colin Heron

 

Como foi seu início na luta? Com quantos anos começou, onde foi e que modalidade…
Eu comecei com 13 anos na copeira em Camboriú mesmo. Treinei Muai Thay, sou faixa marrom de Jiu-Jitsu e Roxa de Luta-Livre. Hoje em dia tenho 14 anos de lutas.

Você tem a maior parte das suas vitórias em finalizações e grandes nocautes. É essa a estratégia de luta do Rafael Morcego, liquidar a fatura sem deixar cair na mão dos juízes?
Minhas lutas a maioria são por finalizações e nocautes. Tento ser objetivo e fazer meu trabalho tentando terminar mais rápido, mas sempre estou preparado para os 3 rounds.

Das suas 19 vitórias, qual a luta que mais te marcou e que você tem orgulho de lembrar?
Tive lutas duras mas a que mais me marcou foi contra o Jhon Liniker [decisão unânime no Warriors Challenge em 2009]. Ele tinha quase 20 vitórias no 61 kg. Eu fui o único que ganhou dele nessa categoria.

Seminário ao lado de Marcelo Brigadeiro na Itália

 

Você tem ídolos? Quem são?
Agora são Jon Jones, Frank Edgar,  José Aldo e das antigas Paulão Filho, Ricardo Aroana.

Sua estreia será em breve no Bellator. Como está sendo esse novo momento da sua carreira?

Vou estreiar em janeiro no Bellator,vivo normal treinando muito. Claro que foi um sonho realizado, agora vou por meu nome no mundo, representar minha equipe e família. Quero agradecer ao mestre Marcelo Brigadeiro, mestre Cromado, meus patrocinadores, toda família RFT ….

Rafael Morcego ganhou este ano uma homenagem dos rappers do Nostramafia, o rap “De Camboriú pro mundo”.

 

Siga Rafael Morcego no Twitter @morcego_mma
Siga o coach Marcelo Brigadeiro no Twitter @BrigadeiroMMA
Curta a RFT Company no Facebook

 

Posted in: